Belo dia

Acorda-se e vê-se um belo filme (The Savages - o Philip Seymour Hoffman não deixa de me surpreender pela positiva), vai-se à praia de Mira ter com o Bruce e o Puto João e apanhar um belo solzinho de fim de praia (acompanhado pela indispensável Sagres e o belo do book), volta-se a casa e dá-se com esta beldade de cabelinho cortado à minha espera. WOW

Liga-se o computador e lê-se que os Kings of Leon vão lançar um álbum novo ainda este ano (Setembro) e que os Smashing Pumpkins fazem 20 anos de carreira e vão lançar uma caixa de comemoração do Gish (e eventualmente uma digressão).

Entretanto chega a mãe da Lia para fazer um daqueles petiscos óptimos (sim, com p; sim, eu renego o acordo ortográfico) acompanhado por um belo tinto alentejano que o pai dela e eu tanto gostamos.

Sim, é chato ser eu.
Sim, estou farto de estar de férias.

Ah, ah, ah.

2 Response to "Belo dia"

  1. Juanna Says:

    Praia de Mira? Vocês tratam-se bem. Beldades, boas novidades do Rock, Petiscos e vinho tinto! Estás nas 7 quintas:) Sim, sim! É muito chato estar de férias:P Aproveita!!

  2. Anónimo Says:

    "(...)volta-se a casa e dá-se com esta beldade de cabelinho cortado(...)" => ou seja, o momento em que vês o teu reflexo? Se bem que o teu corte é sempre igual desde há uns anos para cá, sr. professor... Ainda assim é bonito ter orgulho em andar apresentável!
    Luís