Olympics - Beijing '08

Este post era suposto ter sido escrito há uma semana, mas como eu e a Lia mudámos de ligação à Internet, ainda estamos à espera da nova placa...

Ainda assim, como belo desempregado que estou, acompanhei com bastante afinco os Jogos Olímpicos, chegando a fazer maratonas (piada mais que expectável, claro) consecutivas pela madrugada fora para ver o GDP* (assunto já abordado noutro post).

Sobram como heróis de Pequim o grande Nélson (óbvio que sem a ajuda deste blog, nunca teria chegado ao ouro), a Bánessa e o Marco Fortes (sim, eu de manhã também sou bom é na caminha... E com uma boa dose de copos na noite anterior, também à tarde sou bastante razoável). O resto são memórias. E fotografias. Aqui ficam as minhas favoritas da Sports Ilustrated (façam favor de ir ver mais...):


*GDP = Grande Desastre Português. Gosto especialmente do rapazinho que foi medalha de prata de bicicleta em Atenas, andou durante 4 anos a "papar" 1250 euros por mês para só se lembrar a 15 dias da prova que tinha asma e que não poderia competir nos JO por causa dos medicamentos... Coitado do rapaz, ninguém o avisou antes! Não era de o obrigar a devolver o dinheiro todo que recebeu, mais uma multa por fraude?

E mais, que se soube entretanto: (pelo menos) um treinador que ficou na pátria para que um dirigente ocupasse o seu lugar no avião, um secretário de Estado (?) que "mudou" o escritório para Pequim durante toda a duração dos Jogos (quem pagará todas as despesas - telemóvel, deslocações, etc. - destas férias?) e um "jornalista" (?!?!?) chamado João Querido Manha (desnecessários serão os comentários ao último nome deste "jornalista") que foi também ele para Pequim, a custo de muito sacrifício pessoal, como Assessor de Imprensa. Primeira pergunta: O que é que este palhaço lá foi fazer? Segunda pergunta: Quem é que lhe pagou? Terceira pergunta: se ele era Assessor de Imprensa, será que entregou a carteira de Jornalista? Quarta pergunta: Porque não o mandaram então embora aquando dos comentários erróneos e "fatídicos" dos nossos valentes atletas, já que ele é que era o Assessor e, pelos vistos, não foi lá fazer nada?

Uma coisa que não tem nada a ver (ou se calhar tem): se andam a cortar nas despesas de tudo (inclusive a reduzir profs no 2º ciclo - tinha que puxar a brasa à minha sardinha, desculpem-me os 2 ou 3 leitores deste blog - com a desculpa de que os meninos não se adaptam a à passagem de um prof na "primária" para 10 no "ciclo" - desculpas para a visão economicista da Educação), porque é que não cortaram o João Querido Manhoso e o Laurentino (e já agora o "Comandante" - do quê? - Moura)?

E o burro sou eu?

Ahhhhhhhhhh

0 Response to "Olympics - Beijing '08"