1 ano

E, assim, de repente, um ano…

Nestas alturas compreende-se os nossos tios, avós, pais: “Como o tempo passa” diziam eles, e eu ria-me, cá de baixo, a pensar que era tudo conversa de velhos! “Bah, o tempo passa igual para eles e para mim, escusam de estar com este saudosismo bacoco…” poderá ter-me passado pela cabeça over and over again…

Mas, o que é verdade, é que o que é igual para eles e (agora) para mim é esse facto insofismável: como passou rápido este ano!

E que ano!

Assim de repente: nasceu a Margarida, casei-me com a mulher dos meus sonhos e moramos os três juntos num apartamento maravilhoso em Aveiro… Poderia pedir mais?

A cena linda é: não devia, mas sim, posso. Podia pedir 3 sobrinhos lindos, o Martim, o Francisco e o Lourenço (por ordem de nascença :) ). E tenho-os!

Não me querendo desviar do assunto deste post, o primeiro aniversário da princesa, tive, ainda, o privilégio de apadrinhar o casamento do meu amigo e primo João e da sua mais-que-tudo Joaninha, e de saber que vão ser pais durante 2010. O Luís e a Sara tiveram o Samuel, o Sérginho e a Ana tiveram a Maria Inês e os meus primos Mariana e Miguel tiveram o Francisco... E os Kaviar estão a ultimar o álbum, o primogénito tão esperado (Rock'n'Rollmente falando :))...

Mais? Sim, lá para Junho, quando fizer 30 e a minha mana e o Renato se casarem... Mas isso são contas de outro rosário...

Uff! Não é só, mas fico por aqui...

Voltando à princesa: O espectáculo dos espectáculos!

Já diz Olá e Papá! Continua super bem-disposta, felizmente, e a dormir à volta de 12 horas por dia :) Sim, 12… não foi erro tipográfico!

Há só uma coisa que me intriga: se enquanto gatinha (e andarilha – neologismo rock) já é o que é (gavetas, portas, máquinas, computador, cadeiras, tudo revirado!), como é que me podem dizer que quando ela andar é que é o terror? Eheheh, cá estaremos, com a serenidade do costume, à espera!

Que cresças minha filha… Que continues linda e a fazer-me (/nos)feliz(es), sempre até à eternidade.

Sim, porque é de amor eterno que se fala aqui!

É de olhar para a Margarida e ver amor: o amor com que foi feita, o amor com que foi recebida e o amor com que vai ser presenteada toda a vida.

Amo-te Margarida! Parabéns pelo teu primeiro aniversário filhota.

Fica uma das últimas fotos, bem representativa da boa-disposição desta Libelinha de segunda geração :)



5 Response to "1 ano"

  1. Joaninha Says:

    Pois é, priminho. "Quoque tu" caíste nessa do "como o tempo passa". Eu digo isso, mas é sem ninguém ouvir. Ainda há uma semana o Francisco fez seis anos!!! É tramado. bjs de Parabéns à santíssima trindade e um especial à pequenita.

  2. AL Says:

    Ehehehe... Reparaste na forma subtil, quase com pinças, com que tratei o assunto?

    E mais: a dar uma de que já sou como os adultos :) A paternidade tudo traz...

  3. Juanna Says:

    Quase um mês depois... parabéns! Que linda está :) e que grande!

  4. Coccinella Says:

    E eu que me lembrei mas depois esqueci-me de ligar? Bah! Está linda a pequena libelinha! Linda mesmo!!! Beijão para os três!

  5. Rui Says:

    Na verdade o tempo passa a correr, parece que ainda ontem estava a receber a notícia que vinha aí uma filhota, antes de saborear uma lasanha magnificamente preparada pelos papás da Margarida... e já ela tem mais de um anito.

    Grande Abraço e que essa felicidade perdure no tempo.